Músicos e bandas

Artigos

Notícias

Discografia

Shows

[2003] Som e Ruído


Ao fazer música, o ruído e o som se opõe e se misturam. A música é, em sua origem, a extração do som oriunda de um ruído, logo, no Agosto de Rock, não há ruídos. Existem, a priori, ondas que vibram corpos, que transmitem-se pela atmosfera, que são interceptadas por nossos ouvidos, interpretadas e decodificadas por nosso cérebro. Eis que surge a música! O som é, assim, o movimento em sua complementaridade; produto de uma sequência rapidíssima de impulsões e repousos. ( Neste caso, a Headhunter contraria qualquer lei física ou musical, pois em suas músicas não há repousos. )

Por Clara Carolina claracarolina@tudoaver.com.br
Fotos: Pablo Luz pabloluz@tudoaver.com.br


HeadHunter D.C

Cantar em conjunto com o Tihuana o "Por que será?", dar saltos hulkianos com a D'P, afinar as vozes guturais com o Cobalto na cover do Machine Head e com a Koriza na cover de "I don't wanna hear it", achar os intervalos musicais da Lacertae significa entrar em acordo profundo e não visível sobre a intimidade da matéria, produzindo como num rito, contra todo o ruído do mundo, um som constante.


No Agosto de Rock não há falta de ordem, pois um único som afinado cantado em uníssono insemina no universo um princípio de ordem. É preciso um, e tão somente um, som afinado cantado por um grupo humano (diga-se de passagem um grande grupo) para adquirir-se o poder de evocar uma fundação cósmica: o Agosto de Rock, dessa forma, oferece-se como o mais intenso modelo utópico da sociedade harmonizada e ao mesmo tempo a mais bem acabada representação ideológica de que nela não há conflito porque existe a música.


Iracema Miller

O som e o ruído constitui a música. O mundo apresenta-se para nós tal qual as frequências irregulares de Nancyta ou caóticas da Mukeka di Rato nas quais a música, entidade não decodificada pela língua, extrai-lhe uma significação. Acontece do mesmo modo com a voz, quando de repente produz-se e sustenta um som de altura definida e remete a fala para outro lugar: o paradigma das alturas contínuas produzido pela Barulhinho Bom ou pela Iracema Miller (grande talento!), não codificado pela língua, com toda estranheza que isso implica. Este foi o Agosto para todos os gostos do Rock. E que venham os próximos! 

Copyright Portal TudoaVer 2003 Todos os direitos reservados.

-----
Matéria salva em 27/08/2003 em Word por I. Malförea.

Confira as fotos da época clicando na imagem abaixo:


Agosto de Rock 2003

I. Malförea

O "Memória Musical do Sudoeste da Bahia" precisa da sua colaboração. Tem algum material guardado? Gostaria de publicar seu próprio texto aqui? Acrescentar ou retirar algo? Entre em contato através do "fale conosco". Vamos preservar juntos a nossa história!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Temas

1 em Pé 2 Alados 1973 1994 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 Acrock Agosto de Rock Alex Baducha Andréa Cleoni Arlindo Polvinthai Artes plásticas Artigos Assista! Benjamin Existe Blog Blue Jam Blues BLUEZinada! Café com Blues Cama de Jornal Canta Bahia Captain Pepper Captain Peppers Casa Memorial Régis Pacheco Caso à Parte CCCJL CCCJL Sessions Chirlei Dutra chorinho Cinco Contra Um Cine Glória Cine Madrigal Circo de Cultura CMVC Coletâneas e Discos Especiais Coletivo Suíça Bahiana Conquista Moto Rock Coração de Jesus Cultura Destaques Deus e as Águas Deus Segue Nossa Guia Deus Seja Louvado Diglett Joes Dinho Oliveira Dirlêi Bonfim Diro Oliveira Discografia Distintivo Blue Divino Espírito Santo Documentos históricos Dona Iracema DP Edilson Dhio Elomar Em memória Entrevistas Erudito: Orquestras e Bandas Marciais Espaço Cultural A Estrada Espaços Evandro Correia Eventos Fainor Fenix Rock Bar Festivais Festival da Juventude Festival de Inverno Bahia Festival de Música da Bahia Festival Internacional de Violão FestUesb Folk Gafieira Brasil Garboso Geslaney Brito Gil Barros Gilberto Gil Glauber Rocha Graco Lima Jr Grupo Barros Gutemba Heleno Ribeiro I. Malförea Iara Assessu Imagem do Mês Ingrid de Castro Brito JayVee Jean Cláudio Jeremias Macário João Omar Kessller Ladrões de Vinil Letras & Prosa Liatris Lili Correia Livros Lomantão Luciano PP Lúcio Ferraz MAC - Movimento Artístico e Cultural de Vitória da Conquista Magoo Malförea Mandacaroots Manual do Músico March of Revenge Marta Moreno Mictian Miguel Cortes MPBlues Musaé Música Autoral Músicos e bandas Natal Conquista de Luz Natal da Cidade Nem Tosco Todo Nem Tosco Todo e as Crianças Sem Futuro Nephtali Bitencourt No Canto do Choro No Palco Nós Vozes & Eles Notícias OAB Os Barcos Pablo Luz Palestras Papalo Monteiro Paulo César de Araújo Paulo Macedo PMVC Poções Poesia Praça Tancredo neves Princípio Ativo Priscila Correia de Sousa Carneiro Público Rafael Flores Raifran Randômicos Raquel Dantas Reason Reggae Regional Reis Renegados Retilínea Roberto Carlos Rock Rock Cordel Ronny Voxx Séries SESC Shows Som da Tribo Sorrow's Embrace Spit Clown Supercílio Tales Dourado Tamires Dias dos Santos Terno de Santo Reis Textos científicos Textos e reportagens de época The Dug Trio The JackHammers The New Old Jam The Outsiders Thomaz Oliveira Tomarock Tombstone Tonico Almeida Tosco Todo Tres Puntos Três Reis Magos TV Sudoeste UESB Vídeo do Mês Videoclipes Vitória da Conquista

Twitter

Novidades em seu Email

Imagem do Mês

Vídeo do Mês