Músicos e bandas

Artigos

Notícias

Discografia

Shows

Crime ocorreu no mês de setembro de 2012 depois de um desentendimento.
'Ele se tornou um mostro que matou o meu filho', afirmou mãe da vítima.

Do G1 BA

Um homem foi condenado a 13 anos de prisão por ter matado um músico depois de uma briga em um bar de Vitória da Conquista, cidade no sudoeste da Bahia, no mês de setembro de 2012. A pena de Leonardo Harley Alcântara é em regime fechado. Não cabe recurso. O julgamento ocorreu nesta quarta-feira (20) e reuniu a família do músico e do autor do crime.

"Eu não sei se me sinto aliviada ou com dever cumprido. Sinto um pouco aliviada porque sei que em 13 anos [tempo da pena] ele não vai fazer outra mãe sofrer. A justiça foi feita? Não sei, não vai trazer o meu filho de volta. É meu filho que está preso em uma cova, mas espero que a pena se cumpra e ele [autor] fique fora da sociedade", disse a mãe da vítima, Luciene Damasceno.

A mãe de Leonardo Alcântara, que também esteve presente ao julgamento, disse que o filho é "uma pessoa boa" e que a prisão é um local "muito ruim". Luciene Damasceno disse que sentiu pena da mãe do autor. "Estávamos em duas situações diferentes, eu lutando, pedindo que o filho dela seja preso. Sofri por ela. A gente não tem culpa. Infelizmente, ele se tornou um monstro que matou o meu bebê", disse.

Parentes e amigos do músico se reuniram na porta do fórum com camisas com a foto da vítima. O acusado entrou algemado no local. Ele já tinha cumprido pena por roubo e estava em liberdade condicional na época do crime.

O músico estava bebendo em um bar na companhia de conhecidos e de Leonardo quando os dois se desentenderam. De acordo com a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA), o autor do homicídio teria usado um pedaço de madeira para golpear o músico. O acusado foi preso dentro de casa no bairro Santa Helena.

------
Publicado originalmente em 20/02/2013, em G1.


O secretário municipal de serviços públicos, Luiz Paulo, concedeu entrevista ao programa Redação Brasil desta quinta-feira (28).

A informação do chefe da pasta vai contrária ao que foi divulgado ontem (27), com relação a música ao vivo nos barzinhos, informando que não existe nada de cancelamento sobre isso.

O secretário ainda destacou que as fiscalizações vão aumentar para que a população tome as devidas medidas de prevenção ao coronavírus, cumprimento de horários, volume adequado, com uso de máscara, álcool em gel, distanciamento social, dentre outras.

Ouça:

Tocador de áudio

Publicado originalmente em 28/01/2021, em Blog do Rodrigo Ferraz.


Várias postagens de músicos nas redes sociais nesta quarta-feira (27) relatam a suspensão de seus shows. O motivo é a proibição de shows ao vivo em Vitória da Conquista como forma de controle de aglomerações e do aumento dos casos de Coronavírus no município. Atualmente, Vitória da Conquista já possui mais 17.200 casos confirmados de Coronavírus e 263 mortes pela doença.

O comandante de Policiamento Regional, Coronel Ivanildo Silva, informou a um blog da cidade que um dos motivos para a proibição é o fato de vários estabelecimentos não seguirem as regras previstas nos protocolos, admitindo que várias pessoas fiquem na mesma mesa e que aglomerem durante as apresentações. A fiscalização será feita pela Polícia Militar e pela Prefeitura.

Ele disse ainda que, nesse primeiro momento, bares e restaurantes não serão fechados. “Não é a intenção do Estado, tampouco do Município, fechar Bares e Restaurantes para que eles não possam trabalhar. O que a gente quer é evitar aglomerações da forma que vem ocorrendo”, disse. Informações do Blog do Sena


Publicado originalmente em 27/01/2021, no Blog do Rodrigo Ferraz.


Diversos empreendedores e músicos recorreram ao BLOG DO ANDERSON na noite desta quarta-feira (27) relatando uma notícia inesperada que afeta seus sustentos: shows ao vivo estão proibidos em Vitória da Conquista. A determinação, baseada em Decretos do Município de Vitória da Conquista e do Estado da Bahia, visa evitar aglomerações durante a assustadora Pandemia do Coronavírus, consoante ao Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CPRSO). De acordo com o coronel Ivanildo da Silva, comandante do CPRSO, as fiscalizações serão realizadas entre a Polícia Militar, Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Secretaria Municipal de Saúde. “Não é a intenção do Estado, tampouco do Município, fechar Bares e Restaurantes para que eles não possam trabalhar. O que a gente quer é evitar aglomerações da forma que vem ocorrendo”, informou o coronel mostrando vídeos que circularam pelas Redes Sociais. “Tem muitos locais que estão dentro das normas, mas outros as mesas estão lotadas com mais de dez pessoas, sem o uso das máscaras e chega até mesmo faltar o álcool em estabelecimentos”, complementa. “Estamos trabalhando para proteger nossa comunidade”, completou. Procurada pelo BLOG DO ANDERSON, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista informou que estará se manifestando na manhã da quinta-feira (28). A Associação de Bares e Restaurantes da Industria Alimentícia Fora do Lar de Vitoria da Conquista Bahia (ABRACON), através do seu vice-presidente Dante Walter Gusmão Soares Junior, vai buscar meios para garantir as atividades dentro das orientações.

Publicado originalmente em 27/01/2021, em Blog do Anderson.


Em mais uma entrevista ao BLOG DO ANDERSON na noite da quarta-feira (27), o coronel Ivanildo da Silva, do Comando de Policiamento da Região Sudoeste, trouxe boas notícias para a empreendedores e artistas de Vitória da Conquista. Na garantia da economia e das vidas, as medidas protetivas contra a Pandemia do Coronavírus que se expande em todo o mundo, a movimentação em bares e restaurante terão fiscalizações intensas. Por isso, consoante a Decretos do Município de Vitória da Conquista e do Estado da Bahia, os eventos artísticos ao vivo nos ambientes não poderão ter aglomerações. “Show está proibido para mais de 200 pessoas, isso já está no decreto há muito tempo, e que não tenha aglomerações”, afirmou o coronel. Na reportagem gravada por telefone, o comandante fala com preocupação sobre as superlotações dentro e fora de estabelecimentos. “Isso vem causando substancialmente o aumento do número de infectados na nossa cidade, mas as pessoas não tem observado isso, creem que a razão da não fiscalização está autorizado a realização desses eventos”, complementa. Sendo assim, todo mundo de máscara, mantendo distanciamento social e o uso do álcool gel para ficar bem longe da COVID-19.


Publicado originalmente em 28/01/2021, em Blog do Anderson.



A Casa do Rock funcionava em uma área residencial e os vizinhos passaram a se incomodar com o barulho

Menos de sete meses após o início das suas atividades, a Casa do Rock já está fechando as suas portas, espaço que além de funcionar como bar serviu de palco para os shows de várias bandas importantes de Vitória da Conquista. Passaram por lá nomes como Dona Iracema, Ladrões de Vinil, Cama de Jornal, Dost e Hendrix Armorial, além de alguns grupos de fora como a Scambo e Os Jonsóns.

O grande motivo para o fechamento é sua localização. A Casa do Rock funcionava em uma área residencial e os vizinhos passaram a se incomodar com o barulho. “Geralmente os shows começavam tarde e se estendiam ao longo da noite. Nada que excedesse os horários permitidos pela lei, mas os vizinhos reclamavam, chega a um ponto em que você não consegue mais manter aquilo”, explica Fábio Novais, um dos donos do empreendimento. “A gente não pode manter um negócio sabendo que tem pessoas que estão sendo incomodadas. Porque a gente se põe no lugar delas”.

Dessa forma, o panorama de opções para quem curte e/ou faz parte da cena alternativa local fica ainda mais pobre. “Achei ruim demais”, opina Renno Siqueira, frontman da Signista, uma das várias bandas que se apresentaram na Casa do Rock. “É menos um lugar para divulgar nosso som. (…) Com certeza a cena alternativa sai perdendo com isso”.

De qualquer forma, o adeus à Casa do Rock não é necessariamente definitivo: há a intenção de reabrí-la futuramente em uma área comercial. Tudo depende de arranjar um bom lugar para isso. Então, por enquanto não existe uma data definida para o retorno. “Pode reabrir daqui a cinco ou seis meses, assim como pode reabrir daqui a três ou quatro anos. Porque a gente quer fazer um negócio bem feito para que não venha a fechar como aconteceu agora”, diz Fábio.

Nesta sexta, dia 31 de janeiro, a Casa do Rock se despede com um show de Loro Borges (Ladrões de Vinil) e convidados. Só que a despedida não vai poder ser tão rock ‘n’ roll, infelizmente. “A gente não pode fazer nada de uma dimensão maior, por conta da vizinhança”, explica Fábio. “Então a gente vai fazer um som abafado, acústico, baixinho mesmo, só para não deixar passar em branco”.

Orfãos?

O consolo para as bandas e fãs da produção independente da cidade é que o Viela Sebo-Café, que fechou em dezembro, retorna em fevereiro com nova sede na rua 13 de maio. O Bar Ice Drink, recém-inaugurado na praça João Gonçalves, também já começa a receber eventos do gênero.

------
Publicado originalmente em 31/01/2014, em Revista Gambiarra.

Sites de compartilhamento foram algumas de minhas grandes descobertas no período de net, desde o longínquo final dos anos 90 até hoje. A possibilidade de descobrir novas bandas é muito grande e para o circuito alternativo, foi uma coisa memorável.

Algumas bandas insistem em ser contra o compartilhamento de musicas, mesmo elas tendo chegado onde estão graças a internet, pois acreditam que ela tira todo o lucro que poderia ir para o artista. Oh, que rombo na indústria fonográfica…

Eu sempre fui a favor da socialização das músicas, desde os tempos das fitas k7 e as mensagens nas demos que lançávamos que dizia: “Se preferir, copie essa fita ao invés de comprar”. E acho que a internet veio ser a grande “demo” para diversas bandas, pois eles podem divulgar sua música para pessoas de tudo que é canto do mundo.

Um exemplo claro disso, são os sites PALCO PRINCIPAL e MYSPACE, que disponibilizam micro-sites/blogs das bandas, espaço para fotos, letras, entre outras coisas. Mas o principal é a possibilidade de você ouvir ou baixar as musicas, além de montar sua própria playlist.

Passeando pelos artistas cadastrados, consegui encontrar algumas coisas bem interessantes e acho que todos precisam também ouvir. Claro que a lista ficaria enorme, pois o universo musical é imensurável, mas escolhi algumas bandas que eu não conheceria se não fosse o advento da internet. 

(...)

E o nordeste vem cada vez mais representando a cena rocker nacional, dessa vez vindo de Vitória da Conquista na Bahia, os blueseiros do Distintivo Blue não fazem feio e te transportam para um bar sujo, de beira de alguma estrada esquecida no Mississipi, com um uísque na mesa e algumas garotas com tristes sorrisos ao canto do salão. E é assim desde 2009, quando a banda (formada por músicos já experientes e que passaram por grupos como The New Old Jam, Tomarock, Freebird e Tombstone) surgiu.

A banda lançou seu EP de estréia, “Aplicando a lei”, com seis faixas próprias, todas disponibilizadas na internet e para o seu formato físico, foi lançado em mini-cd, que acompanha uma faixa multimídia, material exclusivo e encarte digital com letras, textos, fotos, biografias, além de já ter nascido raro, pois apenas 110 cópias foram editadas artesanalmente e cada faixa multimídia é de conteúdo exclusivo de cada cd, ou seja, não há um cd igual ao outro.

Enquanto isso, a banda não para e já prepara material para seu mais novo lançamento, um cd com 12 faixas.

Uma particularidade da banda é o fato de não se prender apenas ao seu mundo, trazendo um site super caprichado que trata de todo o universo do blues e do jazz, seja ele nacional ou internacional, com reportagens, dicas, colunas semanais, e muita coisa bem “faça você mesmo” que merece ser visto. Posso até dizer que a banda segue a cartilha do “Faça Você Mesmo” muito mais (e muito melhor) que muitas bandas que se rotulam punks.

Nos shows da banda, você ainda pode adquirir de forma gratuita o zine BLUEZINADA! Confira tudo em

www.distintivoblue.com

Essas são apenas algumas das supresas que venho tendo com a internet, que cada vez mais confirma a minha tese de que o rock só está morto para quem se acomodou a consumir o que as rádios oferecem.

Jay Rocker

Fonte: Vinagre & Fel


------

Publicado originalmente em 26/01/2012 pela Distintivo Blue no Facebook.

Postagem em destaque

[2013] Homem é condenado a 13 anos por matar músico em bar de Conquista

Crime ocorreu no mês de setembro de 2012 depois de um desentendimento. 'Ele se tornou um mostro que matou o meu filho', afirmou mãe ...

Temas

1 1 em Pé 2 Alados 1973 1986 1988 1990 1993 1994 1999 2000 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 96 FM A Tarde A Voz do Muro A-Divert Acrock Agosto de Rock Alex Baducha Alisson Menezes Ana Palmira Bittencourt Santos Casimiro Andréa Cleoni Arlindo Polvinthai Artes plásticas Arthur Maia Artigos Assista! Autobox Axé Music Banda de Música do 9º BPM Benjamin Existe Biblioteca Municipal José de Sá Nunes Blog Blue Jam Blues BLUEZinada! Boom!!! Café com Blues Cama de Jornal Câmara Municipal de Vitória da Conquista Canta Bahia Captain Pepper Captain Peppers Carlos Albuquerque Carlos Porto Casa do Rock Casa Memorial Régis Pacheco Caso à Parte CCCJL CCCJL Sessions Centro de Convenções Divaldo Franco Chirlei Dutra chorinho Cinco Contra Um Cine Glória Cine Madrigal Circo de Cultura CMVC Coletâneas e Discos Especiais Coletivo Suíça Bahiana Conquista Moto Rock Conquista Rock Festival Conservatório Municipal De Música De Vitória Da Conquista Coração de Jesus Cultura Cursos Destaques Deus e as Águas Deus Segue Nossa Guia Deus Seja Louvado Diglett Joes Dinho Oliveira Dirlêi Bonfim Diro Oliveira Discografia Distintivo Blue Divino Espírito Santo documentários Documentos históricos Dona Iracema Dost DP Edigar Mão Branca Edilson Dhio Educadora FM Elomar Em memória Emissoras Entrevistas Erudito: Orquestras e Bandas Marciais Espaço Cultural A Estrada Espaços Ester Barreto Evandro Correia Eventos Excalibur Rock Band Expoconquista Fabio Sena Facebook Fainor Fainor Garage Band Feira de Flores de Holambra Fenix Rock Bar Festivais Festival Avuador Festival da Juventude Festival de Inverno Bahia Festival de Música da Bahia Festival Educadora FM Festival Internacional de Violão Festival Pra Cantar Junto Festival Suíça Bahiana Festival Unimed do Sudoeste de Música FestUesb Filarmônicas Folk FomeStop forró Gafieira Brasil Garboso Geslaney Brito Gil Barros Gilberto Gil Gilmar Cardoso Gilmar Dantas Giorlando Lima Glauber Rocha Graco Lima Jr Grupo Barros Gutemba Heleno Ribeiro Hinos I. Malförea Ian Kelmer Iara Assessu Imagem do Mês Inércia Ingrid de Castro Brito Inside Hatred J.C. D'Almeida Jacqueline Jack JayVee Jean Cláudio Jequié Jeremias Macário João Omar Joe Malfs Clan Judson Almeida Julio Caldas Junior Damasceno Kako Santana Kessller Ladrões de Vinil Larissa Pereira Letras & Prosa Liatris Lili Correia Lives Livros Lomantão Lucas Arruda Luciano PP Lúcio Ferraz Luiza Aldaz MAC - Movimento Artístico e Cultural de Vitória da Conquista Magoo Malförea Mallu Magalhães Mandacaroots Manual do Músico Marcelo Lopes March of Revenge Mariana Kaoos Marta Moreno Maurício Sena Mazinho Jardim Memória do Rádio memórias Mi do Carmo Miconquista Mictian Miguel Côrtes MPB MPBlues Musaé Música Autoral Músicos e bandas Natal Conquista de Luz Natal da Cidade Nem Tosco Todo Nem Tosco Todo e as Crianças Sem Futuro Nephtali Bitencourt No Canto do Choro No Palco Nós Vozes & Eles Notícias ÑRÜ O Rebucetê OAB Orion Music Company Os Barcos Pablo Luz Palestras Pandemia Papalo Monteiro Parrázio Paulo César de Araújo Paulo Gabiru Paulo Macedo Pesquisas Plácido Mendes PMVC Poções Poesia Point do Rock Praça Tancredo neves Princípio Ativo Priscila Correia de Sousa Carneiro Público Quarentena Rádio Baixaria Rádio Câmara Rádio FM 100 rádios Rafael Flores Raifran Ramanaia Randômicos Raquel Dantas Reason Reggae Regional Reis Renegados Retilínea Revista Gambiarra Roberto Carlos Rock Rock Cordel Rock Vertente Ronaldo do Sax Ronny Voxx Rubenildo Metal Salvador São João Séries SESC Shows Sintoma de Cultura Som da Tribo Sorrow's Embrace Spit Clown Sr. Pokan e os Tangerinas SS-433 Supercílio Tales Dourado Tambores & Cordas Tamires Dias dos Santos Terno de Santo Reis Textos científicos Textos e reportagens de época The Dug Trio The JackHammers The New Old Jam The Outsiders Thomaz Oliveira Titãs Tomarock Tombstone Tonico Almeida Tosco Todo Tres Puntos Três Reis Magos TV Sudoeste UESB UESB FM UESC UFPB UMC Vídeo do Mês Videoclipes Viela Sebo-Café Vinícius da Costa Januário Vitória da Conquista VOceve Xangai

Twitter

Novidades em seu Email

Imagem do Mês

Vídeo do Mês