Músicos e bandas

Artigos

Entrevistas

Discografia

Memórias

[2019] Cidade cult

Berço de Glauber Rocha, Elomar, Xangai e Ricardo Castro, Conquista também abrigou a família Gil

Único brasileiro que já ganhou o Prêmio de Melhor Diretor do prestigioso festival de Cannes, na França, Glauber Rocha nasceu em Vitória da Conquista, em 14 de março de 1939. Muita coisa mudou, até o nome da rua, que era das Várzeas e agora se chama 2 de julho. Mas a casa construída pelo seu avô materno, Antônio Vicente Andrade, em 1938 continua lá. As iniciais A.V.A, que podem ser vistas no alto da fachada do imóvel, são dele. Décadas depois, Ava foi o nome dado por Glauber à filha que teve com a também cineasta Paula Gaitán.

Casa de Glauber Rocha – Foto: Renato Santana

A Prefeitura planeja transformar a casa em museu. “Temos mantido contato com a família. Uma das coisas que vamos fazer é tombar o imóvel, além de cumprir acordo financeiro com os proprietários”, revela Tina Rocha a secretária municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

Um dos criadores do Programa Janela Indiscreta, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), o professor Esmon Primo, conta que a mãe de Glauber, Lúcia Rocha, que morreu em 2013, era entusiasta da iniciativa. “Ela foi peça fundamental na reaproximação com a cidade. Desde 1996, ela passou a vir com frequência e disponibilizou cópias do acervo”, conta ele.

Casa de Glauber Rocha – Foto: Renato Santana

A casa
São 15 cômodos e uma área de cerca de 1 mil metros quadrados. O expoente do Cinema Novo nasceu em um pequeno quarto do lado direito da residência, que tem uma porta de acesso para garagem. Após divisões de herança, o imóvel passou a pertencer ao seu tio Hermes Mendes de Andrade, irmão de Lúcia Rocha, que viveu até os 105 anos e foi o último morador da residência, onde morreu, naturalmente, há 4 anos.

“O parto de Glauber Rocha foi aqui no quarto mesmo, com ajuda de uma parteira e um médico da família”, contou a prima do cineasta, Elizermes Andrade Mendes, de 77 anos, atual dona do imóvel. Em sua casa, que fica ao lado do imóvel, ela exibe na parede da sala um pôster do filme A Idade da Terra, presente da tia Lúcia Rocha, a quem ela considerava uma segunda mãe.

Casa de Glauber Rocha – Dona Elizermes – Foto: Renato Santana

A casa, de estilo predominantemente Art Deco, mantém traços originais. Internamente, as paredes de cor verde construídas com adobe – tijolos de terra crua, água e palha -, o chão de madeira, as portas de madeira, os lustres e retratos dos bisavôs de Glauber resistem ao tempo.

Do lado de fora, os pés de banana, jabuticaba, limão e goiaba indicam o quão arborizado e frutífero era o jardim da família Andrade. “Tínhamos até rosas. Você chegava em casa e já sentia o aroma” relembrou, com saudade, Janete Andrade, 58, filha de Elizermes e prima de segundo grau do cineasta.

Em 1947, aos 8 anos, juntamente com seus pais e suas irmãs, ele se mudou para Salvador e retornou a Conquista raras vezes, sempre em passagens rápidas. Uma delas foi quando ele gravou cenas do seu primeiro filme a cores, O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro. A caminho do município baiano de Milagres, onde o longa foi rodado, o cineasta pernoitou na casa de familiares na sua terra natal.

Casa de Glauber Rocha – Foto: Renato Santana

Presente

Censurado pela ditadura militar, Glauber, que já havia sido preso por 23 dias por estar em um protesto durante uma reunião da Organização dos Estados Americanos (OEA), em 1965, partiu para exílio em Portugal, em 1971, de onde nunca voltou definitivamente. Morreu aos 42 anos, em 1991, vítima de um choque bacteriano.

Mesmo tendo vivido pouco em Conquista, Glauber influencia e é lembrado na cidade. Em 2009, 28 anos depois de sua morte, foi criado o Curso de Cinema e Audiovisual no campus de Vitória da Conquista da UESB. Eventos de cinema, como a Mostra Cinema Conquista, também mostram a influência dele na cidade. O cineasta ainda deu nome ao Centro Cultural municipal, que abriga uma escola de música, além do novo aeroporto, que tem previsão de ser inaugurado este ano, quando o cineasta completaria 80 anos.

Em março, mês de nascimento dele, a Prefeitura realizará a Mostra Glauber Rocha, com filmes, palestras e apresentações musicais em um local que ainda será divulgado. A sétima edição da Semana Glauber, que é realizada pela UESB a cada dois anos, contará com exibições de longas e curtas metragens e debates no Teatro Glauber Rocha.


Casa de Glauber Rocha – Moveis que estavam na casa – Foto: Renato Santana

Música

A terceira maior cidade da Bahia também tem grandes artistas da música. Elomar Figueira Mello, ou simplesmente Elomar, se formou em arquitetura, mas foi como cantor e compositor que ficou conhecido. Ele já gravou 16 álbuns, dois deles, Cantoria 1 e 2, são frutos de apresentações no Teatro Castro Alves, em Salvador, em 1984, nas quais Elomar dividiu canções com Geraldo Azevedo e Vital Farias.

Estrada de acesso a Fazenda Casa dos Carneiros – Divulgação

Em dezembro do ano passado, quem esteve em Conquista teve a oportunidade de assistir uma apresentação Elomar. O concerto Muntano o Modengo foi realizado ao lado do filho João Omar, que é maestro e compositor e acompanha o pai desde os nove anos. O cantor não dá entrevistas há 30 anos. Segundo sua produção, que falou com o CORREIO por telefone, o cantor mora, atualmente, na Fazenda Casa dos Carneiros, a 20 quilômetros do centro da cidade, onde ele tem construído a Associação Cultural Casa dos Carneiros, que pretende reunir suas obras.

Elomar – divulgação

Elomar, inclusive, influencia musicalmente outro conquistense famoso na música, o cantor Xangai, que nasceu na zona rural de Itapebi, mas foi registrado em Vitória da Conquista. “Somos da mesma família, mas, independentemente de parentesco, a minha relação com Elomar é por conta da música. Ele é uma referência em toda área”, conta Xangai. Em março, o cantor se apresentará na sua cidade no dia 19.

Xangai – Foto: Veronica Manevy – Divulgação

Com 10 álbuns gravados, Xangai voltou a viver em Conquista há dois anos, depois de ter vivido na capital baiana, em Minas Gerais e no Rio de Janeiro. “Todo lugar tem música, porém Conquista é um lugar que é referência cultural, pois é onde se conhece muitas pessoas ligadas a arte, como na literatura e na música”, declara.

O músico Ricardo Castro, fundador do Neojiba NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia), também é conquistense. Nascido em 1964, sua família se mudou para Salvador quando ele tinha nove meses. Aos cinco anos ingressou na Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia. Estudou fora do país e ganhou prêmios internacionais, como o Honorary Membership da Royal Philharmonic Society (2013), que nunca antes havia sido dado a um brasileiro.

Ricardo Castro – Foto: Evandro Veiga – Arquivo Correio

Família Gil
“Um homem de bem e de sorriso aberto, que gostava de fazer amizade”. É assim o sociólogo e escritor Durval Menezes lembra do médico José Gil Moreira, pai do cantor Gilberto Gil. A família Gil chegou em Conquista em 1958, porém o artista não morou na cidade. Ficou, na época, em Salvador para concluir os estudos.

O pai de Gil foi para o sudoeste baiano trabalhar no Departamento de Endemias Rurais, que depois se fundiu a Superintendência de Campanhas de Saúde Pública (SUCAM), que hoje integra Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Além disso, ele atendia como clinico geral e dermatologista em um consultório na Praça da República. Atualmente, o espaço abriga um escritório de advocacia.

O patriarca se candidatou a vereador nas eleições de 1962. Se elegeu e tomou posse no ano seguinte. Além de médico e político, o pai de Gil ainda foi professor. Ele morou em uma casa que ficava na esquina entre a rua Siqueira Campos e a avenida Jonas Hortelio. Atualmente, um bar funciona no imóvel, que fica na Praça Orlando Leite, em homenagem a um amigo do velho Gil da política. Porém, local é popularmente chamado de Praça do Gil.

Não foram muitas as vezes que Gilberto Gil foi em Vitória da Conquista, porém o cantor tem boas lembranças de lá. Em 2014, durante apresentação no Festival de Inverno Bahia, ele falou da sua relação com a cidade. “Que prazer voltar a essa terra que é quase a minha terra, também é a minha terra. Saudade é assim, às vezes bate quando a gente chega, não quando a gente sai. Muitas lembranças, muitas coisas. Um prazer enorme”, disse.

 Praca do Gil – Foto: Renato Santana

Dr. José Gil Moreira, pai de Gilberto Gil cercado por amigos – Foto: Renato Santana

 Praca do Gil – a casa em que o Dr. José Gil Moreira, pai de Gil morou – Foto: Renato Santana


------
Publicado originalmente em fevereiro de 2019, em Destinos - Correio 24 Horas.

I. Malförea

O "Memória Musical do Sudoeste da Bahia" precisa da sua colaboração. Tem algum material guardado? Gostaria de publicar seu próprio texto aqui? Acrescentar ou retirar algo? Entre em contato através do "fale conosco". Vamos preservar juntos a nossa história!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Temas

1 1 em Pé 2 Alados 1973 1986 1988 1990 1993 1994 1999 2000 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 2022 96 FM A Conquista do Rock A Tarde A Voz do Muro A-Divert Acrock Agosto de Rock Alex Baducha Alisson Menezes Almiralva Ferraz Gomes Ana Barroso Ana Palmira Bittencourt Santos Casimiro André Cairo Andréa Cleoni Apache Arlindo Polvinthai Artes plásticas Arthur Maia Artigos Assista! Autobox Axé Music Babá Ferreira Bad Boy Boogie's Balaio Banda de Música do 9º BPM banda Mixta Benjamin Existe Biblioteca Municipal José de Sá Nunes Blas Fêmia Blog Blue Jam Blues BLUEZinada! Boom!!! Brumado Bruno Caires Bruno Lima Café com Blues Café Society Caique Santos Cama de Jornal Câmara Municipal de Vitória da Conquista Canta Bahia Cao Alves Captain Pepper Captain Peppers Carlos Albuquerque Carlos Porto Casa do Rock Casa dos Carneiros Casa Fora do Eixo Casa Memorial Régis Pacheco Caso à Parte CazAzul CCCJL CCCJL Sessions Centro de Convenções Divaldo Franco Chirlei Dutra chorinho Cidadania Cinco Contra Um Cine Glória Cine Madrigal Cinema Circo de Cultura Cláudia Rizzo Clipping CMVC Coletâneas e Discos Especiais Coletivo Suíça Bahiana Conquista Metal Fest Conquista Moto Rock Conquista Rock Festival Conservatório Municipal De Música De Vitória Da Conquista Coração de Jesus Crônicas Cultura curso de Cinema e Audiovisual da Uesb Cursos Dani Lasalvia Daniel Drummond Danielle Rosa Dão Barros Dércio Marques Destaques Deus e as Águas Deus Segue Nossa Guia Deus Seja Louvado Diglett Joes Dinho Oliveira Dirlêi Bonfim Diro Oliveira Discografia Dissertações Distintivo Blue Divino Espírito Santo documentários Documentos históricos Dona Iracema Dorinho Chaves Dost DP Dreadful Trace Dreams Produções Edigar Mão Branca Edilson Dhio Educadora FM Élder Oliveira Elomar Elton Becker Em memória Emissoras Entrevistas EP Erudito: Orquestras e Bandas Marciais Espaço Cultural A Estrada Espaços Ester Barreto Estúdio Drakkar Estúdio Drummond Evandro Correia Eventos Excalibur Rock Band Expoconquista Fabio Sena Facebook Fainor Fainor Garage Band Feira de Flores de Holambra Fenix Rock Bar Festivais Festival Avuador Festival da Juventude Festival de Inverno Bahia Festival de Música da Bahia Festival Educadora FM Festival Internacional de Violão Festival Pra Cantar Junto Festival Rádio Rock Festival Suíça Bahiana Festival União Brasileira do Blues Festival Unimed do Sudoeste de Música FestUesb Filarmônicas Folk FomeStop forró Gafieira Brasil Garboso Geslaney Brito Geslaney Brito e Iara Assessú Gil Barros Gil Brito Gil Ferraz Gilberto Gil Gilmar Cardoso Gilmar Dantas Gilmara Baby Gimba Jardim Giorlando Lima Glauber Rocha Graco Lima Jr Grito Rock Grupo Barros Gutemba Heavy Metal Heleno Ribeiro Hemoba Herzem Gusmão Hinos história oral Humberto Pinheiro I. Malförea Ian Kelmer Iara Assessu Ice Drink Imagem Casa Som Imagem do Mês In Mundos Inércia Ingrid de Castro Brito Inside Hatred Isadora Oliveira J.C. D'Almeida Jackson Alcântara Jacqueline Jack JayVee Jean Cláudio Jequié Jeremias Macário João Omar Joe Malfs Clan Jorge Luis Melquisedeque Josilene Pires Matias Judson Almeida Julio Caldas Junior Damasceno Kako Santana Kelly Prado Kessller Ladrões de Vinil Larissa Luz Larissa Pereira Letras Letras & Prosa Liatris Lili Correia Live Solidária Lives Livros Lomantão Lucas Arruda Lucas Gerbazi Lucas Lins Luciano PP Lúcio Ferraz Luiza Aldaz MAC - Movimento Artístico e Cultural de Vitória da Conquista Magoo Malförea Mallu Magalhães Mandacaroots Manno di Sousa Manual do Músico Marcelo Lopes March of Revenge Maria Elena Menezes Oliveira Mariana Kaoos Marta Moreno Massinha Mauricio Sena Maurício Sena Mazinho Jardim Memória do Rádio memórias Mi do Carmo Miconquista Mictian Miguel Côrtes Mórficos MPB MPBlues Musaé Música Autoral Musicante Sudoeste Músicos e bandas Natal Conquista de Luz Natal da Cidade Nathan Soares Náufrago Urbano Nem Tosco Todo Nem Tosco Todo e as Crianças Sem Futuro NEOJIBA Nephtali Bitencourt No Canto do Choro No Palco Nós Vozes & Eles Notícias ÑRÜ O Piquete O Rebucetê OAB Oktober Rock Onildo Barbosa Orion Music Company Os Barcos Pablo Fornasari Pablo Luz Palestras Pandemia Papalo Monteiro Paraki Parrázio Paulo César de Araújo Paulo Gabiru Paulo Macedo Pesquisas Pilot Wolf Pipa Música Plácido Mendes PMVC Poções Podcast do Moss do Som Podcasts Poesia Point do Rock PPGMLS Praça Barão do Rio Branco Praça Tancredo neves Princípio Ativo Priscila Correia de Sousa Carneiro Programa Positividade Público Quarentena Quintas de Maio Rádio Baixaria Rádio Câmara Rádio FM 100 Rádio Up rádios Rafael Flores Raifran Ramanaia Randômicos Raquel Dantas Reason Recrucifixion Reggae Regional Reis Reis do Crime Renato Russo Renegados Retilínea Revista Gambiarra Ricardo Castro Ricardo Marques Rita De Cássia Oliveira Lima Alves Roberto Carlos Robson Falcão Rock Rock Cordel Rock em Prol Rock Vertente Ronaldo do Sax Ronny Voxx Rubenildo Metal Salvador São João Sarau Somos Vozes Séries SESC Shows Simone da Silva Guerreiro Sintoma de Cultura Social Freak Som da Tribo Sorrow's Embrace Spit Clown Sr. Pokan e os Tangerinas SS-433 Suffocation of Soul Supercílio Tales Dourado Tambores & Cordas Tamires Dias dos Santos Taro Társis Valentim Terno de Santo Reis teses Teu Soares Textos científicos Textos e reportagens de época Thais Macedo Lopes The Dug Trio The JackHammers The New Old Jam The Outsiders Thomaz Oliveira Tiamat e os Garotos Perdidos Titãs Tomarock Tombstone Tonico Almeida Tosco Todo Trabalhos acadêmicos Três do Crime Tres Puntos Três Reis Magos TV Sudoeste TV UESB UESB UESB FM UESC UFBA UFPB UMC UNIMUS Vadinho Barreto Vídeo do Mês Videoclipes Viela Sebo-Café Vinew Vinícius da Costa Januário Vitória da Conquista VOceve Weslei Gusmão Piau Santana Xangai Xuxa Zine

#museudorockvca

Twitter

Imagem do Mês

Vídeo do Mês

Doe sangue!