Músicos e bandas

Artigos

Notícias

Discografia

Shows

[2015] O Festival de Inverno Bahia e os desafios da programação


Por Marcelo Lopes

O Festival de Inverno Bahia divulgou no dia 01/06 a programação completa do evento em 2015, que acontecerá entre 28 e 30 de agosto. Passarão pelo palco principal artistas consagrados pelo público como O Rappa e o seu atual trabalho, “Nunca Tem Fim…”; Frejat e sua pegada pop rock; a cantora e compositora Ana Carolina; o multi-instrumentista, cantor, compositor e escritor gaúcho Humberto Gessinger; e os mineiros cheios de suingue do grupo Jota Quest. O FIB abre o palco ainda para as estreias de Ivete Sangalo, premiada como melhor cantora do Carnaval 2015, e as bandas RPM, sob o comando do músico Paulo Ricardo, e Blitz, que fará no mês seguinte a abertura do Rock In Rio/Palco Mundo, ambos ilustres representantes da safra anos 80; a grade fica completa com a dupla Fernando e Sorocaba, com um show que mescla tecnologia, ilusionismo e efeitos especiais.

A variedade de perfis artísticos que compõe a grade do evento em edições anteriores tem sido, no mínimo, controversa, embora isso não apague de forma alguma o sucesso comercial da iniciativa. Vejamos o porquê disso.

Se o Festival de Inverno Bahia nasceu da exploração de um potencial para espetáculos musicais que não era mais atendida na região de Vitória da Conquista após o fim de experiências como o Agosto de Rock (2001-2003) e outras iniciativas locais que primavam por estruturar espaços alternativos à indústria do Axé, do sertanejo e de outros ritmos afins, nos últimos anos o projeto tem tentado se equilibrar entre essa herança e o discurso comercial da mistura.

Isto trouxe para dentro do FIB algumas atrações antes alienígenas (como Durval Lélis, por exemplo) e uma progressiva inclusão de duplas sertanejas e shows de axé, usando de uma fórmula tensionada que quer aproximar o perfil do evento ao vale-tudo programático do seu coirmão, o Festival de Verão de Salvador. Ambos produzidos pela Rede Bahia e realizados por meio da sua principal empresa promotora de eventos, a Icontent, os eventos, embora ligados, têm, no entanto, demandas bem específicas, próprias das características de cada região.

O aparente esforço em fazer de uma a cópia ou extensão da outra, no exagero em querer misturar demais, trouxe críticas de público para algumas edições pela perda de características que tornaram o FIB um evento de destaque no segmento pop rock no Nordeste, negando, inclusive, o legado local que originou a proposta.

Outra questão cada dia mais clara é que, apesar do potencial artístico e agregador de investimentos que aquece a economia da cidade no período, o Festival não aposta mais como antes. Nas primeiras edições, o FIB abria espaços para artistas em períodos de ascensão (como Malu Magalhães, Dani Carlos e O Teatro Mágico, ente outros), mostrando uma preocupação em investir em novas propostas comerciais do segmento e estimular seu crescimento, até mesmo para benefício do próprio evento. Hoje, o projeto prefere se limitar a repetir na programação nomes (que, embora ótimos) já fazem o público entoar um sonoro “de novo?”, como Capital Inicial, Bikini Cavadão e Titãs. Mesmo este ano, a sensação de déjavù persiste em atrações como O Rappa, Jota Quest e Frejat. Por que não Rita Lee, Djavan ou mesmo o show dos 50 anos de carreira de Caetano Veloso e Gilberto Gil?

Insisto, como já insisti antes em outras considerações sobre o Festival, que há uma infinidade de artistas que hoje despontam no cenário brasileiro: Tulipa Ruiz, Móveis Coloniais de Acaju, Baiana System e Casuarina são alguns desses nomes que além de talentosos, são muito populares. A ótima banda baiana Scambo, que faz parte hoje do programa Super Star, da rede Globo, tem talento de sobra pra ocupar o palco principal. Sem falar, que já existe, há bastante tempo, um know-how que garanta ao evento o cacife para bancar uma primeira atração internacional, o que até hoje não foi cogitado.

É possível dizer, por fim, que o Festival de Inverno Bahia, com seus altos e baixos na programação, ainda é, sem dúvida, um dos maiores eventos do gênero no Norte-Nordeste do país. Só precisa, de vez em quando, dar uma sacudida e ter uma atitude mais rock n’ roll pra garantir que mostra, de fato, a que veio.

Maiores informações sobre o FIB, acesse


------
Publicado originalmente em 02/06/2015, em Sintoma de Cultura.

I. Malförea

O "Memória Musical do Sudoeste da Bahia" precisa da sua colaboração. Tem algum material guardado? Gostaria de publicar seu próprio texto aqui? Acrescentar ou retirar algo? Entre em contato através do "fale conosco". Vamos preservar juntos a nossa história!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Temas

1 1 em Pé 2 Alados 1973 1993 1994 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 96 FM Acrock Agosto de Rock Alex Baducha Alisson Menezes Ana Palmira Bittencourt Santos Casimiro Andréa Cleoni Arlindo Polvinthai Artes plásticas Arthur Maia Artigos Assista! Autobox Benjamin Existe Biblioteca Municipal José de Sá Nunes Blog Blue Jam Blues BLUEZinada! Boom!!! Café com Blues Cama de Jornal Câmara Municipal de Vitória da Conquista Canta Bahia Captain Pepper Captain Peppers Carlos Albuquerque Casa Memorial Régis Pacheco Caso à Parte CCCJL CCCJL Sessions Chirlei Dutra chorinho Cinco Contra Um Cine Glória Cine Madrigal Circo de Cultura CMVC Coletâneas e Discos Especiais Coletivo Suíça Bahiana Conquista Moto Rock Conquista Rock Festival Coração de Jesus Cultura Cursos Destaques Deus e as Águas Deus Segue Nossa Guia Deus Seja Louvado Diglett Joes Dinho Oliveira Dirlêi Bonfim Diro Oliveira Discografia Distintivo Blue Divino Espírito Santo Documentos históricos Dona Iracema Dost DP Edigar Mão Branca Edilson Dhio Educadora FM Elomar Em memória Emissoras Entrevistas Erudito: Orquestras e Bandas Marciais Espaço Cultural A Estrada Espaços Ester Barreto Evandro Correia Eventos Excalibur Rock Band Facebook Fainor Feira de Flores de Holambra Fenix Rock Bar Festivais Festival Avuador Festival da Juventude Festival de Inverno Bahia Festival de Música da Bahia Festival Educadora FM Festival Internacional de Violão Festival Pra Cantar Junto Festival Suíça Bahiana FestUesb Filarmônicas Folk FomeStop Gafieira Brasil Garboso Geslaney Brito Gil Barros Gilberto Gil Gilmar Cardoso Gilmar Dantas Glauber Rocha Graco Lima Jr Grupo Barros Gutemba Heleno Ribeiro Hinos I. Malförea Ian Kelmer Iara Assessu Imagem do Mês Ingrid de Castro Brito J.C. D'Almeida JayVee Jean Cláudio Jequié Jeremias Macário João Omar Judson Almeida Julio Caldas Kako Santana Kessller Ladrões de Vinil Larissa Pereira Letras & Prosa Liatris Lili Correia Livros Lomantão Lucas Arruda Luciano PP Lúcio Ferraz Luiza Aldaz MAC - Movimento Artístico e Cultural de Vitória da Conquista Magoo Malförea Mallu Magalhães Mandacaroots Manual do Músico Marcelo Lopes March of Revenge Mariana Kaoos Marta Moreno Maurício Sena Mazinho Jardim Mi do Carmo Miconquista Mictian Miguel Cortes Miguel Côrtes MPBlues Musaé Música Autoral Músicos e bandas Natal Conquista de Luz Natal da Cidade Nem Tosco Todo Nem Tosco Todo e as Crianças Sem Futuro Nephtali Bitencourt No Canto do Choro No Palco Nós Vozes & Eles Notícias ÑRÜ O Rebucetê OAB Orion Music Company Os Barcos Pablo Luz Palestras Pandemia Papalo Monteiro Paulo César de Araújo Paulo Gabiru Paulo Macedo Pesquisas Plácido Mendes PMVC Poções Poesia Point do Rock Praça Tancredo neves Princípio Ativo Priscila Correia de Sousa Carneiro Público Quarentena Rádio FM 100 rádios Rafael Flores Raifran Ramanaia Randômicos Raquel Dantas Reason Reggae Regional Reis Renegados Retilínea Revista Gambiarra Roberto Carlos Rock Rock Cordel Rock Vertente Ronny Voxx Rubenildo Metal Salvador Séries SESC Shows Sintoma de Cultura Som da Tribo Sorrow's Embrace Spit Clown Sr. Pokan e os Tangerinas SS-433 Supercílio Tales Dourado Tamires Dias dos Santos Terno de Santo Reis Textos científicos Textos e reportagens de época The Dug Trio The JackHammers The New Old Jam The Outsiders Thomaz Oliveira Tomarock Tombstone Tonico Almeida Tosco Todo Tres Puntos Três Reis Magos TV Sudoeste UESB UESB FM UESC UFPB Vídeo do Mês Videoclipes Viela Sebo-Café Vinícius da Costa Januário Vitória da Conquista VOceve

Twitter

Novidades em seu Email

Imagem do Mês

Vídeo do Mês